Largo de São Benedito



 

"O Largo São Benedito é testemunho das inúmeras transformações históricas, sociais e culturais pelas quais Campinas passou ao longo do tempo.
Entre 1753 e 1774, o atual Largo São Benedito abrigou o Cemitério Bento do bairro rural do Mato Grosso. Nesse período, nos primórdios da sua formação, Campinas era apenas um povoado, marcado pela agricultura de subsistência e uma das inúmeras unidades autossuficientes, dotadas de sociabilidade própria disseminadas pelo "sertão" paulista, sendo formado por moradias rurais - ranchos, sítios, fazendas - interligadas por caminhos, picadas e picadões.
 A partir de 1774 (momento em que o bairro rural é elevado à condição de Freguesia), Campinas ganha uma nova dinâmica econômica, marcada pela passagem da agricultura de subsistência ao latifúndio monocultor e agroexportador. Na esteira dessas transformações, o antigo cemitério foi renomeado como "Cemitério dos Cativos", passando a receber escravos das fazendas, primeiro de açúcar e depois de café, até 1848.
 A partir de 1848 passa a se chamar "Campo da Alegria" e a abrigar a forca, então transferida do Largo Santa Cruz.
 O Largo São Benedito transformou-se em logradouro público no ano de 1913, quando foi ajardinado e arborizado.
Contando com 17.040 metros quadrados, o Largo São Benedito era conhecido popularmente como "Jardim São Benedito", muito embora sua denominação oficial fosse, até 1982, "Praça D. Pedro II".
Em 1982 a Câmara Municipal altera sua denominação para Praça Prof. Sílvia Simões Magro."

Local:
Rua Irmã Serafina, s/n - Centro

Sempre Aberto

Categorias
Lazer e Entretenimento
Roteiros:
Roteiro Afro