Busto Ruy Barbosa



 

Ruy Barbosa de Oliveira nasceu na cidade de Salvador, na Bahia, em 5 de novembro de 1849.
Foi jurista, político, filólogo, tradutor e orador brasileiro.
Apoiou o movimento abolicionista junto com importantes figuras, como o poeta Castro Alves, com o qual chegou a fundar uma sociedade abolicionista.
Ele também apoiou o movimento republicano e teve uma grande participação no processo de proclamação da república, que ocorreu em 15 de novembro de 1889. Tornou-se o primeiro ministro da fazenda da história do Brasil como república.
Juntamente com Prudente de Morais foi coautor da constituição da Primeira República.
Dotado de uma vasta erudição, foi um excelente orador. Foi embaixador do Brasil na Conferência de Haia (1907), representando o Brasil com grande mérito e destaque. Por sua brilhante participação nesta conferência foi aplidado de "Águia de Haia".
Foi deputado, senador, ministro. Em duas ocasiões foi candidato a presidência da república. Empreendeu na Campanha Civilista contra o candidato Hermes da Fonseca.
Foi membro fundador da Academia Brasileira de Letras, sendo presidente entre 1908 e 1919.
Ruy Barbosa em Campinas
“Era um, e, logo após, são muitos, já vêm surgindo inumeráveis, já parecem infinitos; já se cruzam e recruzam; já se encontram e circulam; já se condensam, escurecem. Era um grupo; e já formam um bando, já vêm crescendo em longas revoadas, já se refervem em enxames, já se estendem numa vasta nuvem agitada. Toldaram o céu, encheram o ar, veem-nos ondeando sobre as cabeças”. Foi assim que Rui Barbosa descreveu o voo das andorinhas de Campinas em uma de suas crônicas. Ele visitou a cidade várias vezes, a primeira delas em 1884, quando ficou hospedado na Fazenda Santa Genebra, do barão Geraldo de Resende.
Campinas foi no passado conhecida como "terra das andorinhas".(...) A fama nacional foi reconhecida depois que Rui Barbosa visitou Campinas em 1914 e assistiu aos vôos rasantes das aves no extinto Mercado das Hortaliças, onde hoje é o Largo das Andorinhas, no Centro. Em uma só tarde, um pesquisador da época chegou a estimar 30 mil andorinhas nos telhados. Membro fundador da Academia Brasileira de Letras, Rui Barbosa escreveu a crônica As Andorinhas de Campinas, que foi lida no Centro de Ciências, Letras e Artes na ocasião da visita.
O busto de Ruy Barbosa está presente na Praça Carlos Gomes, em Campinas

Local:
Rua General Osório, S/N- Centro, Campinas

Sempre Aberto

Categorias
Patrimônio Histórico