Bebedouro da Cia. Paulista de Estradas de Ferro



 

Nome popular: Bebedouro da Praça 09 de Julho
Identificação original: Bebedouro Público

História:

Campinas originou-se a partir de três núcleos de povoamento denominados “campinhos” que se desenvolveram às margens dos córregos Lava-pés, atual Proença, Tanquinho e Córrego do Barbosa, atual Serafim. Vítimas do progresso a qualquer preço esses cursos d’água fundamentais para o crescimento da cidade conviveram sempre com o descaso recebendo esgotos “in natura” pelos núcleos urbanos.
Até meados do século XIX a população em geral se servia nas bicas e somente em 1873 se constroem os chafarizes, confeccionados em ferro e instalados no Largo do Pará, no Largo do Teatro (hoje Praça Rui Barbosa) e no Largo do Rosário, que começaram a funcionar em 11 de dezembro de 1874. Em 1885 ocorreu o primeiro Projeto de Abastecimento de Água para Campinas e em 1887 fundou-se a Companhia Campineira de Águas e Esgotos com projeto de captação de águas dos ribeirões Iguatemi e Bom Jesus a 18 km do centro de Campinas, na então Vila de Rocinha, atual cidade de Vinhedo. 
 Com o surto de febre amarela em 1889, quando se pensava que a doença era transmitida pela água e não se tinha conhecimento que o transmissor era um inseto, o Aedes Aegypti, apressa-se a construção do sistema de Rocinha que inaugurado em 02 de janeiro de 1891 funcionou até os anos de 1920.
O Bebedouro Público, construído em 1889 pela Intendência (atual Prefeitura) com o objetivo de proporcionar um abastecimento de água confiável para a população, era abastecido pela Cia. Paulista de Estradas de Ferro por meio de vagões tanque que colhiam a água no reservatório de Rocinha e traziam até a Estação Ferroviária no centro de Campinas.
O Largo foi construído e inaugurado em 1892 recebendo o nome de Largo 23 de Novembro, data da posse do segundo presidente do Brasil, Floriano Peixoto. Posteriormente com a Revolução Constitucionalista de 1932 passou a ser chamado de Praça Nove de Julho.
Processo de Tombamento Nº 003/2015 - CONDEPACC

Henrique Anunziata Historiador/CSPC/SMC/PMC

Sempre Aberto

Categorias
Patrimônio Histórico